Mães com insônia afetam a qualidade do sono de filhos pequenos

Até quando estão deitadas em suas camas à noite, as mães influenciam seus filhos. Quer dizer, mais ou menos: um estudo das universidades de Basel, na Suíça, e de Warwick, no Reino Unido, conclui que mães com insônia afetam diretamente a qualidade do sono de seus filhos.

No experimento, cerca de 200 crianças saudáveis entre 7 e 12 anos foram avaliadas enquanto dormiam em casa por meio de um exame chamado de eletroencefalografia. Em resumo, por uma noite eletrodos foram colocados na cabeça dos pequenos para medir a atividade cerebral durante o repouso — o que dá uma ótima ideia da eventual presença de algum distúrbio. E, claro, o mesmo teste foi feito com os pais.

Com isso, foi possível concluir que, quando a mãe sofre de insônia, seus filhos costumam cair no sono mais tarde. Além disso, eles dormem menos e de maneira mais superficial.

Pais com insônia, por outro lado, não abalam tanto o descanso dos pequenos. De acordo com o artigo, publicado no periódico científico Sleep Medicine, tudo que eles têm é uma tendência maior a relatar dificuldades no sono dos filhos — sem que isso necessariamente corresponda à realidade.

As teorias para essas descobertas são várias. Talvez as crianças aprendam a imitar os padrões de sono dos genitores. Ou a movimentação noturna dos adultos atrapalharia o descanso profundo da garotada. Fora que a insônia tem forte influência genética.

Fonte: https://saude.abril.com.br/familia/insonia-maes-afetam-sono-filhos-pequenos/


Facebook

Twitter

Exame Online

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades.

Responsáveis Técnicos:
Dr. Emerson Aparecido Sobrinho - CRBM 5163
Dr. Erika Michele Moral - CRBM 16814

Desenvolvimento e Hospedagem

Laboratorio Biolab © 2017 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem