Bauru tem 2 suspeitas de H1N1

O mês de abril ainda não está nem no meio e Bauru já tem dois casos suspeitos de H1N1. O esperado aumento de bauruenses em busca de atendimento em razão de doenças respiratórias, sobretudo em função de temperaturas mais baixas a partir de agora, recairá sobre a rede municipal, que já enfrenta a epidemia de dengue. Contudo, a Secretaria Municipal de Saúde afirma estar preparada para este quadro. A aposta está justamente na redução dos casos da doença provocada pelo Aedes aegypti e na Campanha de Vacinação da Gripe, iniciada na última quarta-feira e com programação para as Unidades Básicas de Saúde (UBS).

A Secretaria Municipal de Saúde em Bauru aponta que o fato de o município viver sob a maior epidemia de dengue em relação aos dados históricos oficiais (são mais de 10 mil casos registrados até aqui, 12 mortes e 8 óbitos suspeitos com resultado de exames sendo esperados) não deve interferir na programação de combate e atendimento das doenças respiratórias.

O secretário municipal de Saúde, José Eduardo Fogolin, aponta também para os ciclos das doenças. "Temos uma situação de ciclos bem definidos. A dengue tem queda com a entrada do frio e as doenças respiratórias chegam com maior volume neste período. Então, a média de aumento ambulatorial esperado é absorvido pela rede municipal e sem competição assistencial nestes casos. Outra questão principal é que a dengue não gera internação na rede. O paciente é atendido, faz exame, recebe orientação, mas a recuperação em si é feita em casa. Para as doenças respiratórias também, exceto os casos necessários graves, para encaminhamento", comenta.

Nessa sexta-feira (12), inclusive, a pasta confirmou ao JC, por meio da assessoria de comunicação, que já são dois casos suspeitos de H1N1 entre 1 e 9 de abril. A Secretaria de Saúde destaca, porém, que ambos não foram confirmados e seguem em investigação no Instituto Adolfo Lutz.

Previna-se contra a gripe! A Biolab possui a Vacina contra a Gripe. Proteja toda a sua família!

Fonte: https://www.jcnet.com.br/Geral/2019/04/bauru-tem-2-suspeitas-de-h1n1-e-saude-afirma-estar-preparada.html


Facebook

Twitter

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades.

Responsáveis Técnicos:
Dr. Emerson Aparecido Sobrinho - CRBM 5163
Dr. Erika Michele Moral - CRBM 16814

Desenvolvimento e Hospedagem

Laboratorio Biolab © 2019 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem