Casa adaptada para idosos: saiba como evitar acidentes com estas 7 dicas.

Há controvérsias sobre se a terceira idade é a melhor fase da vida. Para alguns, o envelhecimento é visto como algo negativo, enquanto outros valorizam a experiência e a liberdade que os anos trouxeram. A verdade é que é tudo uma questão de atitude e, também, de saber utilizar algumas facilidades que proporcionam qualidade à rotina de quem tem mais de 60 anos.

Quando se tem crianças pequenas, é normal pensarmos em protetores de tomadas e travas para armários, não é mesmo? Mas por que pensamos pouco em ter uma casa adaptada para idosos? Os detalhes especialmente projetados para contornar as dificuldades e limitações que a idade impõe podem fazer toda a diferença entre envelhecer com prazer ou não.

Além disso, considerando que, segundo o Ministério da Saúde, a maioria das quedas de idosos ocorrem dentro de casa, adequá-la é tão importante quanto fazer check-ups periodicamente. Por isso, confira as nossas dicas para ter uma casa mais amigável, confortável e segura!


1. Tenha uma casa térrea

Uma casa térrea é mais conveniente para os idosos, porque a idade reduz a mobilidade e, nesse caso, as escadas podem se tornar um grande desafio. Mesmo que tenham poucos degraus, o ideal é evitar as escadas em qualquer lugar da casa.

Se você mora em apartamentos, procure imóveis que disponham de elevadores e, na impossibilidade de ter uma casa com apenas um nível, procure instalar corrimão para idosos nas escadas, pois a barra oferece apoio para o impulso na subida. Também é possível incluir no projeto da casa um elevador de escadas para cadeirantes.


2. Preze pela iluminação

É fundamental que você tenha atenção à iluminação da sua casa. Diga a verdade: quantas vezes você já levantou à noite para ir ao banheiro ou à cozinha e caminhou no escuro por ter tido preguiça de acender as luzes, ou por achar que não fosse necessário?

Em alguns casos, o próprio interruptor fica posicionado em um local de difícil acesso no cômodo e como “é só uma ida ao banheiro”, você deixa isso para lá, acertamos? Mas não negligencie a iluminação, pois bastam poucos segundos para uma queda ocorrer.

Para fugir dessas pequenas sabotagens diárias, sensores de presença fazem o serviço para você. Assim, as luzes acendem automaticamente quando você passa pelo cômodo e apagam quando você se vai.


3. Coloque antiderrapantes nos tapetes

O ideal é que você evite os tapetes dentro de casa, pois as chances de eles deslizarem são muito altas. Mas sabemos que eles trazem conforto aos ambientes. Então, prefira os que têm cerdas curtas e, em todos eles, aplique fitas antiderrapantes nas bordas.

Pode parecer uma atitude sem importância, mas isso faz com que os tapetes fiquem fixos no piso e evita quedas perigosas.


4. Tenha especial atenção com o banheiro

Um dos lugares mais importantes de uma casa adaptada para idosos é o banheiro. Além de bem iluminado, ele deve ser amplo (permitindo a livre movimentação com cadeiras de rodas ou andadores) e funcional.

No box, instale barras de apoio de aço inoxidável nas paredes e tenha um banco, caso precise tomar banho sentado. Chuveirinhos, tapetes e pisos antiderrapantes também são cruciais nessa área. Já as barras de apoio devem estar presentes ao lado do vaso.

Outro ponto importante é a porta do cômodo, que deve abrir para fora. Dessa maneira, caso ocorra uma queda, o peso da pessoa dentro do banheiro não será um empecilho para que outra entre para ajudar.

O banheiro é um dos cômodos da casa em que mais ocorrem acidentes com idosos, por isso, a instalação de uma campainha de emergência pode ser bastante oportuno.


5. Elimine os desníveis entre os cômodos

Como mencionamos, o ideal é ter uma casa com apenas um nível. Mas, às vezes, mesmo as que têm apenas um andar apresentam um ou dois degraus delimitando as áreas. Nesses casos, é importante eliminar esses pequenos obstáculos.

Eles são facilmente removidos com a instalação de rampas suaves de acesso com antiderrapantes. Além disso, os pisos texturizados por toda a casa facilitam a movimentação com segurança.


6. Tenha móveis com cantos arredondados

Em primeiro lugar, evite ter muitos móveis em um mesmo cômodo, como mesinhas de centro de sala. Quanto mais obstáculos você tiver em sua casa, mais difícil será a sua locomoção e mais fácil será sofrer um acidente.

Para os móveis em geral, prefira os que têm cantos arredondados. A pele dos idosos é mais fina e a cicatrização é mais lenta, isso significa que qualquer machucado oriundo de um simples esbarrão pode se tornar um problema grave.

Você pode considerar fixar alguns móveis no chão também. Assim, caso você se desequilibre, os móveis servirão de apoio.


7. Considere ter ambientes integrados

Uma casa ampla com ambientes integrados (cozinha e sala, por exemplo) é uma excelente maneira de facilitar o dia a dia dos moradores. Assim, você não precisa se deslocar com tanta frequência entre uma área e outra.

É muito importante que todos os equipamentos e utensílios domésticos estejam bem localizados, instalados em uma altura cômoda para você. Desse modo, não é necessário subir em banquetas nem se abaixar o tempo todo.

Outra dica que simplifica bastante a rotina dentro de casa é ter armários abertos no quarto. O simples abrir e fechar portas pode ser difícil, cansativo e custoso. Lembre-se de ter bancos ou cadeiras para sentar quando necessário. Já as prateleiras devem ter alturas acessíveis.

O tempo é implacável e, mesmo que você tenha saúde e disposição, é natural que a idade traga algumas limitações. Mas quem disse que a terceira idade precisa ser complicada? A qualidade de vida nessa fase é definida pelo acompanhamento médico especializado, por estímulos físicos e mentais e pelas relações bem nutridas entre amigos e familiares.

No entanto, o cotidiano pode ser muito mais agradável e descomplicado com uma casa adaptada para idosos. Inúmeros acidentes são evitados apenas incluindo nos ambientes objetos e funcionalidades que ofereçam segurança e praticidade para os moradores.

Fonte: https://vivamais.cemigsaude.org.br/casa-adaptada-para-idosos/


Facebook

Twitter

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades.

Responsáveis Técnicos:
Dr. Emerson Aparecido Sobrinho - CRBM 5163
Dr. Erika Michele Moral - CRBM 16814

Desenvolvimento e Hospedagem

Laboratorio Biolab © 2019 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem