Confira 6 dicas importantes de como controlar a Diabetes

O Diabetes Mellitus é uma doença crônica provocada pela má absorção ou produção insuficiente de insulina, um hormônio que regula a glicose sanguínea e garante a energia para o organismo. Isso significa que uma vez instalada, não possui cura mas controle e tratamento.

Entre os principais fatores de risco para o seu desenvolvimento estão a obesidade, sedentarismo, colesterol alto, pressão alta, idade e histórico familiar. Por isso, a adoção de bons hábitos de vida é tão importante para preveni-lo.

As altas taxas de glicose no sangue por um longo período levam a complicações nos nervos, rins, olhos, artérias e coração. Por isso, é fundamental saber como controlar o Diabetes e, consequentemente, evitar maiores complicações.

Assim, pessoas com a doença precisam tomar bastante cuidado principalmente com a alimentação, para evitar picos de insulina no sangue.

Diante disso, torna-se fundamental o acompanhamento periódico com um médico de referência, o uso correto das medicações prescritas e a adoção de bons hábitos de vida como alimentação saudável e prática regular de atividade física.

Se você quer saber como controlar o Diabetes de maneira eficiente, não perca o nosso post. Boa leitura!


O que é o Diabetes?

O Diabetes Mellitus ocorre quando o pâncreas não produz a insulina em quantidades suficientes para suprir as necessidades do corpo, ou porque o hormônio não é capaz de atuar de modo adequado. A insulina possibilita a redução da glicemia, permitindo que o açúcar presente no sangue possa entrar na célula para ser usado como fonte de energia.

Por isso, se o hormônio não atuar corretamente ou houver a falta dele, pode existir um aumento da glicose e, consequentemente, o surgimento do Diabetes. Confira, a seguir, quais são os principais tipos da doença.

Diabetes tipo 1

O Diabetes tipo 1 também é conhecida como Diabetes autoimune ou juvenil, pois o sistema imunológico ataca equivocadamente as células do pâncreas, fazendo com que ele perca a capacidade de produzir insulina.

Esse tipo surge na infância ou adolescência, e a pessoa precisa usar insulina diariamente para adequar os níveis de glicose no sangue. O Diabetes tipo 1 é o de menor incidência na população e acomete cerca de 10% dos indivíduos com a doença.

Diabetes tipo 2

Nesse tipo de Diabetes a forma como a glicose é metabolizada no organismo está afetada devido a resistência aos efeitos da insulina. Seu surgimento, na grande maioria das vezes, está relacionado a uma combinação de fatores de risco preveníveis e não preveníveis e hábitos de vida ruins, como a má alimentação e o sedentarismo. A Diabetes tipo 2 é a mais comum e afeta cerca de 90% das pessoas com a doença.

Diabetes gestacional

Durante a gestação, a placenta produz hormônios que reduzem a ação da insulina. Consequentemente, o pâncreas aumenta a produção da substância para compensar esse quadro, equilibrando o nível de glicose no sangue da mãe.

No entanto, parte das mulheres não produz a insulina extra, fazendo com que o açúcar seja acumulado no sangue. A ocorrência do Diabetes gestacional é assintomática, portanto, é importante ter o acompanhamento do índice de glicose durante a gravidez.

Qual é a importância de controlar o Diabetes?

A pessoa com Diabetes precisa ter um bom controle glicêmico, deixando as taxas próximas ao normal, ou seja, entre 80 e 120 mg/dl antes da refeição e entre 100 e 140 mg/dl após a alimentação.

Assim, apesar dos diabéticos não estarem absolutamente proibidos de consumir açúcar, é importante lembrar que alguns alimentos contribuem para o aumento rápido da glicemia, apresentam grandes quantidades de calorias e contêm pouca vitamina, fibra e mineral.

Se não existir uma alimentação correta, a prática de atividades físicas e um acompanhamento médico, o Diabetes pode favorecer algumas complicações, como problemas de visão, problemas cardiovasculares, doença renal crônica e lesões neurológicas.


Como controlar a doença?

1. Mantenha uma alimentação balanceada

Manter uma boa alimentação rica em frutas, legumes e vegetais é muito importante para quem tem a doença, pois esses alimentos contêm grandes quantidades de fibras. Eles auxiliam na diminuição da absorção da glicose sanguínea e proporcionam saciedade, o que faz com que o indivíduo coma menos.

2. Pratique exercícios físicos

Quando uma pessoa se exercita, é possível diminuir o risco e controlar o Diabetes, fazendo com que o corpo use melhor o açúcar do sangue. Além disso, manter o corpo em movimento afasta o risco de AVC ou infarto, que é aumentado entre pessoas com Diabetes. Por isso, consulte um médico para que ele possa indicar a atividade física ideal para você.

3. Tenha uma boa noite de sono

Dormir bem pode ser um grande aliado para quem tem Diabetes. Isso acontece porque dormir menos do que 6 horas por dia pode piorar o controle do açúcar, pois o organismo produz mais do hormônio cortisol, que em grandes quantidades pode aumentar o acúmulo de gordura na região do abdômen.

Outro problema é que a falta de sono causa mais compulsão pelos alimentos. Portanto, é essencial que a pessoa com a doença tenha bons hábitos para uma boa noite de sono.

4. Controle a glicemia

Quem tem a doença precisa manter a glicemia controlada, pois isso é um indicador de que o Diabetes possa estar controlada, o que garante mais qualidade de vida. Assim, algumas atitudes podem evitar a oscilação da glicemia, como manter o peso controlado, optar por carboidratos de baixo índice glicêmico e fazer o monitoramento regular dos níveis de glicose.

5. Respeite o horário das refeições

É fundamental que a pessoa diabética siga os horários das refeições ao considerar as 3 principais refeições (café da manhã, almoço e janta) e também os lanches no intervalo entre elas. Quem passa muito tempo em jejum pode sobrecarregar o corpo com a produção de insulina. Por isso, alimente corretamente e dê preferência aos alimentos integrais.

6. Evite ingerir bebidas alcoólicas

Quem tem a doença precisa tomar cuidado com o excesso de bebidas alcoólicas, pois elas conduzem a glicemia tanto para cima quanto para baixo. Logo, a bebida alcoólica ideal para pessoas diabéticas é o vinho tinto seco, mas é fundamental beber com moderação. Além disso, somente o médico pode dizer qual a quantidade correta que o indivíduo pode consumir.

Como vimos, é muito importante conhecer os tipos e saber como controlar o Diabetes para evitar maiores problemas. Por isso, mantenha uma alimentação balanceada, pratique exercícios físicos regularmente e realize um acompanhamento médico com seu profissional de confiança. Com isso, é possível manter uma vida mais saudável e com qualidade de vida.

Fonte: https://vivamais.cemigsaude.org.br/confira-6-dicas-importantes-de-como-controlar-a-diabetes/


Facebook

Twitter

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades.

Responsáveis Técnicos:
Dr. Emerson Aparecido Sobrinho - CRBM 5163
Dr. Erika Michele Moral - CRBM 16814

Desenvolvimento e Hospedagem

Laboratorio Biolab © 2019 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem