Temperaturas baixas não devem desestimular a rotina de exercícios físicos

As temperaturas baixas que boa parte do país enfrentam nos meses de junho a setembro tendem a mudar a rotina dos praticantes de exercícios físicos e geram dúvidas sobre fazer ou não atividades ao ar livre durante o inverno. O médico Mauricio Milani, especialista em fisiologia do exercício e medicina do esporte, explica qual é a melhor maneira de manter o ritmo na estação com clima mais ameno.Sobre as temperaturas baixas“O frio não pode ser desculpa. Pior mesmo é o sedentarismo, que traz grandes riscos à saúde”, ressalta Milani, que também é triatleta. “Em países com temperaturas bem mais baixas, as pessoas continuam se exercitando normalmente".A diferença na hora de fazer atividade física no frio está nos detalhes, como vestimenta, aquecimento e alongamento.“A primeira atitude a ser tomada é se agasalhar bem. Depois, tome bastante cuidado com alongamento e aquecimento. Em baixas temperaturas, os tendões e musculatura estão mais rígidos, então demanda um alongamento um pouco mais...

Leia Mais

14/6: Dia mundial do Doador de Sangue! Saiba mais sobre este ato que salva vidas!

No ano de 2004 a Organização Mundial de Saúde (OMS) institulou o dia 14 de Junho como o Dia Mundial do Doador de Sangue. O objetivo é homenagear e agradecer a todos os doadores que ajudam a salvar vidas diariamente. Na data comemora-se também o aniversário de Karl Landsteiner, prêmio Nobel pela descoberta do sistema de grupos de sangue ABO. Cada ano um país diferente é anfitrião do Dia Mundial do Doador de Sangue, em 2011 a Espanha foi escolhida.A OMS promove também este ano a campanha “Pintando o Mundo de Vermelho”. O objetivo da campanha é conscientizar, por meio de ações culturais, a importância e a necessidade de hemocomponentes seguros para a população e agradecer aqueles que salvam vidas através do ato de doar sangueConforme um documento da OMS, em todo o mundo são obtidas mais de 81 milhões de unidades de sangue por ano, mas apenas 27 milhões dessas unidades são coletadas em países de média e baixa renda, onde vive 82% da população mundial. Outro problema é que nos países de...

Leia Mais

Junho Laranja: alerta sobre anemia e leucemia

A campanha Junho Laranja é dedicada à prevenção e ao tratamento da anemia e da leucemia. Segundo o consenso de anemia ferropriva da Sociedade Brasileira de Pediatria (2 de junho de 2018), calcula-se que quase 2 bilhões de pessoas em todo o mundo apresentam anemia, sendo que 27% a 50% da população é afetada pela deficiência de ferro. De acordo com o mesmo documento, no Brasil, os dados variam, mas a maior parte deles provêm de estudos de grupos isolados, não representativos da realidade nacional. No país, entre 40% e 50% das crianças estudadas apresentam deficiência de ferro, a maioria delas com menos de 3 anos, incluindo também gestantes. Em 2009, numa revisão sistemática de 53 artigos brasileiros (total aproximado de 21.000 crianças avaliadas), a prevalência descrita para anemia foi de 53%, com incidência maior nas regiões Norte e Nordeste. “Quanto às leucemias, consideradas os tipos de neoplasias que mais afetam crianças, a frequência foi de 25% a 35%. Um estudo realizado com os...

Leia Mais

Teste: será que você está com a síndrome de burnout?

O esgotamento físico e mental associado ao trabalho já afeta três em cada dez brasileiros. Seus principais indutores são sobrecarga de funções, falta de autonomia, ausência de reconhecimento aos esforços, perda de valores, competição desmedida e desconfiança exageradas. Quer saber se você está sob risco de desenvolver o burnout? Inicie o teste abaixo!Como funciona: atribua a nota 1 se a frase se aplica raramente à sua vida, 2 se acontece às vezes ou 3 se ocorre frequentemente. Ao final das 12 etapas, faça a soma e confira o resultado logo a sequência.Frases1 Minha rotina tem mais custos do que benefícios2 Mesmo quando estou de férias, me sinto cansado e desmotivado3 Tenho pouco controle sobre o ritmo e o cronograma do meu trabalho4 Sinto-me sobrecarregado mesmo quando não estou trabalhando5 Tenho faltado ao trabalho porque me sinto doente6 Considero meu desempenho profissional insatisfatório7 Tenho me isolado de meus amigos e familiares8 Executo tarefas incompatíveis com meus valores9...

Leia Mais

Vilão ou mocinho? O segredo do café é a quantidade.

Paixão nacional, o cafezinho tem destaque no desjejum e segue acompanhando o dia a dia das pessoas, no trabalho e nas refeições seguintes. A bebida, que tem várias formas de "tirar", indo do tradicional coado, ao requintado espresso, é controversa quando se trata da saúde.Os efeitos do café no organismo são controversos, associados com efeitos negativos, por um lado, e protetor, de outro. Passam pela associação com o aumento da pressão arterial, os níveis de colesterol e chegam a ter considerado um efeito protetor contra doenças cardiovasculares e estimulador do metabolismo.A publicação Desmistificando Dúvidas Sobre a Alimentação, produzida pelo Ministério da Saúde junto com a Universidade Federal de Minas Gerais, destaca que "os efeitos do café no organismo derivam de substâncias bioativas como a cafeína, estimulante do sistema nervoso e do músculo cardíaco; ácidos clorogênicos, que possuem atividade anticancerígena e propriedades antioxidantes; e diterpenos, relacionados com o...

Leia Mais

Cuidados que os pais devem ter com os bebês no inverno

Tempo seco, temperaturas baixas e menos atividades ao ar livre. Este é o quadro básico para que as doenças de inverno sejam disseminadas, principalmente aquelas de transmissão por vias respiratórias, processos alérgicos e infecções (coqueluche, difteria, caxumba, meningites bacterianas, pneumonia e gripe), além de mucosas ressecadas e mecanismo de defesa reduzido.A Dra. Silvia Nunes Szente Fonseca, infectologista do Grupo São Francisco, de Ribeirão Preto, indica medidas simples e eficientes para que mães e pais estejam atentos e tenham cuidados especiais nesta época do ano com os seus bebês. Segundo ela, as mãos merecem destaque, já que “os vírus e as bactérias presentes no nariz, na boca e na garganta da maioria das infecções podem facilmente se deslocar para as mãos (ao tossir, espirrar e assoar o nariz), que passam a carregar os agentes infecciosos e podem transmiti-los para outras pessoas ou até mesmo objetos”, ensina. Por isso, é importante seguir as recomendações:-Lavar as mãos...

Leia Mais

Maio Amarelo.

A Segurança no trânsito é também uma questão de saúde pública, e neste mês temos oMaio Amarelo, campanha internacional que chama atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), os acidentes rodoviários matam 1,25 milhão de pessoas por ano, em todo o mundo, e são a principal causa de morte de pessoas com idade entre 15 e 29 anos. Do total de mortes, 90% ocorrem nas estradas de países de baixa e média renda, que detêm apenas a metade da frota de veículos do mundo.No Brasil, de acordo com o DataSUS, mais de 37,3 mil pessoas morrem todos os anos no trânsito das cidades e rodovias do país. "É como se um avião de médio porte caísse todos os dias com 93 passageiros a bordo. É o que representa o número de vidas que perdemos no trânsito em nosso país [todos os dias]", afirmou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, que participou do lançamento da campanha na capital federal. De acordo com Baldy, o objetivo do Maio...

Leia Mais

Conheça as doenças mais comuns no frio e saiba como preveni-las

Na época do frio, as pessoas se concentram mais em locais fechados, o que facilita a propagação de vírus e bactérias que causam inúmeras doenças. Esclarecemos abaixo várias questões sobre as doenças mais comuns no inverno, como gripe, resfriado, amidalite, asma, otite, bronquite, pneumonia, sinusite e alergias.Resfriado – gripes e resfriados têm sintomas semelhantes, embora sejam doenças diferentes. O resfriado geralmente dura de quatro a cinco dias, mas pode se prolongar por até duas semanas, causando coriza, obstrução das vias respiratórias, febre baixa, espirros e dor de garganta. O tratamento alivia os sintomas e é feito com analgésicos e antitérmicos. Para prevenir-se, é aconselhável lavar bem as mãos e o nariz.Gripe – é causada pelo vírus influenza e, além dos sintomas do resfriado, causa febre alta e abrupta, dores no corpo e fadiga. Pode provocar complicações se não for diagnosticada e tratada corretamente. O tratamento é feito com analgésicos, antitérmicos, repouso e...

Leia Mais

132 items

Facebook

Twitter

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades.

Responsáveis Técnicos:
Dr. Emerson Aparecido Sobrinho - CRBM 5163
Dr. Erika Michele Moral - CRBM 16814

Desenvolvimento e Hospedagem

Laboratorio Biolab © 2019 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem