5 exercícios para fazer no trabalho e evitar dores

Encontrar tempo para se exercitar parece impossível quando se tem uma rotina puxada. Trabalhar em um escritório e passar muito tempo em frente ao computador em uma posição desconfortável, por exemplo, pode provocar muitos malefícios à saúde. Ao final do dia, a sensação é de que as articulações estão rígidas e que os músculos estão tensos. Assim, é importante criar hábitos saudáveis e conhecer alguns exercícios para fazer no trabalho para diminuir essas sensações.Os exercícios são discretos e simples, relaxam e auxiliam na circulação sanguínea. Mesmo para quem malha, eles são essenciais, já que ficar sem fazer alongamento pode desfazer os ganhos conquistados na academia. O recomendado é se movimentar a cada uma hora.Neste post, vamos mostrar 5 exercícios para fazer no trabalho que você precisa conhecer. Confira! 1. Elevação na cadeiraEsse exercício é recomendado para fortalecer a parte central dos braços e do corpo. Para fazê-lo, sente-se de perna cruzada, coloque os dois braços nos...

Leia Mais

Curta o Carnaval sem esquecer da saúde

Faça sexo seguroTransar sem camisinha não traz só o risco da AIDS, a transmissão da gonorreia, sífilis e herpes pode acontecer em apenas uma relação sexual sem proteção. Além disso, o preservativo previne também a gravidez. Os médicos indicam a camisinha como melhor opção de proteção, já que o uso de pílulas pode prejudicar o organismo e não protegem o corpo de diversas doenças.Beijos com moderaçãoVários vírus podem ser transmitidos também pelo beijo. É o caso da herpes labial, por exemplo, que, uma vez contraída, acompanha a pessoa pelo resto da vida.Evite as substâncias energéticasPara não perder o pique, muita gente aposta nas substâncias energéticas, como o pó de guaraná e as bebidas com energético. Como elas têm muita cafeína em sua composição, se consumidas em excesso, podem causar dificuldade para dormir, gastrite e sobrecarga do organismo, podendo levar à arritmia cardíaca.Não exagere no álcoolAs bebidas alcoólicas são muito diuréticas e por isso causam a desidratação. Além de...

Leia Mais

Coronavírus: por que ele se espalhou muito mais rápido que o vírus da SARS?

Apesar de ser considerado menos letal que outros vírus da mesma família, o novo coronavírus assusta pela rapidez da sua transmissão. Enquanto o vírus da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), que causou um surto de pneumonia entre 2002 e 2003, demorou três meses para infectar pessoas fora da China (país onde começou), o novo coronavírus alcançou o feito em apenas um mês.O vírus da Sars infectou 8 mil pessoas em cerca de dez meses de surto. Já o novo "membro" da mesma família viral já deixou mais de 40 mil pessoas doentes em apenas dois meses. Neste domingo, 9, a Comissão Nacional de Saúde da China informou que o novo vírus já matou 908 pessoas, superando as 774 mortes causadas pela Sars.Segundo especialistas, o novo vírus, embora ainda em estudo, parece ter características que o fazem mais transmissível e adaptável ao ser humano. No entanto, a transformação radical pela qual a China passou nas últimas duas décadas pode ter ajudado o novo coronavírus a ser mais eficiente em sua meta...

Leia Mais

Um alerta sobre o combate à leucemia: Fevereiro Laranja

Com o surgimento de 257 mil novos casos por ano, a leucemia está entre os 10 tipos de câncer mais comuns em todo o mundo, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). O aumento do número de diagnósticos da doença, estimada em mais de 10 mil novos casos somente no Brasil para 2018, acende um alerta para a importância da prevenção, bem como para a doação de medula óssea, lembrada por meio da campanha Fevereiro Laranja, celebrada neste mês.O hematologista do Centro Oncológico do Triângulo Mineiro, Dr. Luiz Cláudio C. Duarte, faz um alerta sobre a doença. "Ao contrário das leucemias crônicas que se iniciam de forma lenta, as leucemias agudas se manifestam de forma agressiva, por isso é importante fazer exames de sangue de rotina para descobrir se há alguma alteração que leve a suspeita da doença. Caso haja qualquer suspeita, é necessário que o paciente faça o exame chamado mielograma, em que é retirado uma pequena quantidade de medula óssea, que é o material esponjoso de dentro...

Leia Mais

Volta às aulas: como montar uma lancheira escolar saudável e saborosa

Conhecer novos amigos, reencontrar os antigos. Mudar de série ou até mesmo de escola. A volta às aulas é realmente um turbilhão de novidades para as crianças. Mas o que não pode faltar são os alimentos saudáveis na hora de montar a lancheira.O lanchinho do recreio precisa ser adequado e saudável, assim como a alimentação feita em casa. Para dar certo, o importante é levar em consideração aquilo que a criança gosta e está acostumada a comer. Melhor ainda se ela puder participar da preparação, sentindo-se parte do processo. Essa é uma ótima estratégia para despertar o interesse pelos alimentos.O que não pode faltar na lancheira?Conforme ensina o Guia Alimentar para a População Brasileira, produzido pelo Ministério da Saúde, os alimentos in natura ou minimamente processados devem ser a base da alimentação. Isso inclui variedades de todos os tipos de grãos, raízes, tubérculos, farinhas, legumes, verduras, frutas, castanhas, leite, ovos, carnes e vale não apenas para refeições principais,...

Leia Mais

Janeiro Roxo é o mês de conscientização sobre a hanseníase

"Falei que tinha hanseníase e colega deu passo atrás", conta Marines Uhde, 44, enfermeira precocemente aposentada devido à doença.Ela trabalhou durante anos em contato direto com pacientes acometidos pela hanseníase, nomenclatura utilizada desde a década de 1980 para a lepra. O contato direto e prolongado é a principal forma de contágio.Marines faz parte dos 30 mil brasileiros que contraem a doença anualmente no país, onde ela é endêmica.O Brasil concentra mais de 90% dos casos de hanseníase da América Latina, sendo o segundo país no mundo com a maior incidência, ficando atrás apenas da Índia, de acordo com a Dahw Brasil, ONG alemã de assistência a hanseniamos com 61 anos existência e atuação em 21 países."A hanseníase está classificada entre as doenças negligenciadas, que são doenças da pobreza, junto com a leishmaniose, esquistossomose, tracoma. A rigor, todas as pessoas estão em risco. O que acontece é que a maior parte dos seres humanos apresentam uma resistência natural à doença....

Leia Mais

Sindrome do Viajante: você sabe o que é?

Férias? É hora de redobrar os cuidados com a saúde e ficar atento, especialmente, à síndrome do viajante.Mas, você sabe o que é isso? A síndrome de viajante ocorre com pessoas que podem ter problemas de circulação durante viagens, principalmente se elas forem muito longas.Seja de carro, de avião, de ônibus ou de trem, quando uma pessoa fica por muitas horas sentada, na mesma posição, isso prejudica o retorno do sangue das pernas, comprometendo a circulação sanguínea.A consequência disso pode ser a formação de trombos, causando a Trombose Venosa Profunda.Causas da Síndrome do ViajanteEm viagens longas, de muitas horas, normalmente as pessoas ficam muito tempo sentadas, na mesma posição. A falta de movimentação acaba comprometendo a circulação, pois prejudica o retorno do sangue das pernas para o coração, fazendo com que tenha uma maior quantidade de sangue retida nas veias.Assim, podem ocorrer trombos (coágulos) nas veias das pernas. A trombose pode ser entendida como a coagulação...

Leia Mais

5 dicas para deixar sua casa mais segura para as crianças.

Quem tem bebês e crianças por perto já sabe como eles são curiosos e gostam de explorar tudo que encontram ao redor. Por isso, é muito importante saber como deixar a casa segura para crianças a fim de evitar acidentes domésticos que, infelizmente, são muito comuns.Com esses pequenos, todo cuidado é pouco, não é mesmo? Então, não basta apenas vigiá-los o tempo todo — se é que isso é possível. O ideal é tentar minimizar os riscos, adotando medidas de prevenção em cada um dos ambientes da casa.Pensando nisso, preparamos algumas dicas para ajudar você a deixar a casa muito mais segura para as crianças. Confira!1. Quarto e salaNos quartos e na sala, é melhor ter móveis com quinas arredondadas, ainda mais se as crianças estiverem na fase de aprender a andar. A televisão deve ser instalada fora do alcance dos pequenos, de preferência presa à parede, com toda a fiação oculta e tomadas protegidas — o mesmo vale para outros aparelhos eletrônicos.Cordões de cortinas e persianas podem causar...

Leia Mais

154 items

Facebook

Twitter

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades.

Responsáveis Técnicos:
Dr. Emerson Aparecido Sobrinho - CRBM 5163
Dr. Erika Michele Moral - CRBM 16814

Desenvolvimento e Hospedagem

Laboratorio Biolab © 2020 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem